Pisicologia

Ciência que estuda o comportamento e os processos mentais dos indivíduos. A psicoterapia refere-se às intervenções psicológicas que buscam melhorar os padrões de funcionamento mental do indivíduo e o funcionamento de seus sistemas interpessoais como a família.

Um modelo proposto descreve o processo terapêutico em seis fases:


Pré-contemplativa: o paciente não tem consciência e nem a intenção de modificar o seu comportamento. As pessoas a sua volta estão cientes do problema, mas o paciente só procura terapia se obrigado;

Contemplativa: o paciente se dá conta dos problemas existentes, mas ainda não está preparado para uma terapia;

Preparação: o paciente se decide pela terapia - nesta fase o meio social pode desempenhar um papel muito importante;

Ação: o paciente investe - tempo, dinheiro, esforço - na mudança. É a fase do trabalho terapêutico propriamente dito;

Manutenção: é a fase imediatamente após o fim da terapia. O paciente investe na manutenção dos resultados obtidos por meio da terapia e introduz as mudanças no seu dia-a-dia;

Estabilidade: é a fase da cura. Nesta fase o paciente solucionou o seu problema e o risco de uma recaída não é maior do que o risco de outras pessoas para esse transtorno específico.

Efeitos da psicoterapia


Os efeitos da psicoterapia podem ser analisados sob dois aspectos: o aspecto do trabalho terapêutico em si, quando podem se observar o fortalecimento do relacionamento terapêutico, a intensificação da expectativa de sucesso do paciente, a sensibilização do paciente a fatores que ameaçam sua estabilidade psíquica, um conhecimento mais profundo de si mesmo e a possibilidade de novas experiências pessoais; e o aspecto das consequências da terapia na vida do paciente que podem se dar em três níveis: melhora do bem-estar, modificação dos sintomas e modificação da estrutura da personalidade.

Tipos de psicoterapias


Psicodinâmicas: explicam os problemas psíquicos com base em conflitos inconscientes originados na infância e seu objetivo é superação de tais conflitos.

Cognitivo-comportamentais: explicam os transtornos mentais baseadas na história de aprendizado do indivíduo e nas interações dele com seu meio, e têm por objetivo o restabelecimento das competências do paciente de controlar seu comportamento e de influenciar suas emoções e percepções.

Existencial-humanistas: partem do princípio que todo ser humano possui uma força interna que, se não for impedida por influência externa, o conduz à sua plena realização. Explicam assim os trantornos psíquicos como fruto da incongruência entre a autoimagem e a experiência pessoal e buscam fomentar as forças de autorealização do indivíduo.

Orientadas na comunicação: consideram os transtornos do comportamento como expressão de estruturas de comunicação disfuncionais e buscam uma reorganização de tais estruturas ou a formação de novas, mais construtivas. Tais terapias preocupam-se sobretudo com a situação presente e trabalham com métodos que possam gerar novas formas de compreensão da realidade e de si mesmo.

Benefícios da Psicoterapia


Os benefícios da psicoterapia englobam fatores biológicos, psicológicos e sociais, tais como:
- Aumento da auto-estima
- Segurança em tomada de decisões
- Desenvolvimento da autonomia
- Desenvolvimento pessoal
- Tornar as escolhas mais conscientes
- Equilíbrio e estabilidade emocional


Video
Conheça a Clínica Articulife por dentro
Pilates
Venha fazer uma aula experimental gratuíta!
Eventos
Realizamos eventos nas áreas de nossas especialidades.
(21) 3885-7896
(21) 3435-9034
Consulte nossos
pacotes promocionais

Horário de atendimento

Segunda a sexta de 8h às 20h Sábado de 8h às 13h
Rua Leopoldina Rêgo, 542
Loja B - Olaria
Tel/Fax.: (21) 3885-7896 / (21) 3435-9034
+55 21 991864432
[email protected]